sexta-feira, 20 de fevereiro de 2009

PRESTOR; O Dinamite Pan Galáctico


A nova aparência do Blogg do Sylvio Neto tem um responsável. E ele é o meu amigo Prestor. Um garoto que conheci a alguns anos atrás quando eu ainda era vocalista da Banda Baixada Super 8 (BS 8). Sempre de preto. Estiloso. Bom papo. Bom camarada. Articulado e articulador. Musico. Blogueiro. Colado com uma galera mais up de Duque de Caxias que é aquela que se articula no Lira de Ouro.

A galera que se articula na arte e na cultura, lá pras bandas de Duque de Caxias, a galera que articula a política cultural no Lira de Ouro e a galera do Bistrô Conexão Brasil tem a sua visibilidade exposta na arquitetura gráfica deste mancebo de riso fácil e que se deixa levar pelas historinhas contadas pelos pobres amigos engajados na arte do fazer cultural para girar sua criatividade para o campo largo da solidariedade, fazendo da arte que lhe deveria dar de comer e vestir e descansar uma estrovenga giratória que a todos atende e a todo lugar atinge.

Alguns cabras da vizinha Duque de Caxias, também se beneficiam desta benevolência artística de enorme simpatia (muito ao contrário dos camisas pretas comuns), pois que aquí em Belford Roxo, pode ser vista ainda sua arte nos cartazes e flys do Sarau Poesia Na Cãmara, que além de serem distribuídos de mão em mão, são também largamente difundidos na net (orkut e email)

Experimentem chegar na Dinamite Pan Galáctica do Prestor ((http://www.prestor.wordpress.com/). De cara você fica envolvido no universo que este maluco beleza cria...O ambiente é plenamente dark, tal qual suas camisas (lembra um pouco aquele puto poeta puto que é também amigo do Prestor: Mr Tubarão)...Sobre o negro fundo, inserções coloridas de pinturas, fotos gravura com tratamento gráfico que nos encolhe antes de acolhe...É uma experiencia bastante instigante viajar pelas trilhas e ruelas alí impostas e exposta a gritar por uma atenção.


No Blog, Prestor experimenta de tudo um pouco, dá seus ares de cronista, jornalista, poeta, musico e devasso lamentador da rara inspiração momentânea é claro...

Este post é uma ode, uma homenagem simples mas sincera deste poeta ao cara que dá a imagem aos nossos empreendimentos artístico culturais...
Vida longa a você meu velho...Vida longa a você parceiro...Vida longa, vida longa, vida longa

Por saber de tuas mãos
Seguras ferramentas
Por saber de teus lampejos
E idéias perfeitos desejos
É que te entrego
Sem rodeios
Meus tortuosos
Esquemas
Sonhos projetos
De pequenos temas
Que vamos dando vida

Que vamos vendo nascer
Que vamos vendo florir

É por saber de tua generosa
Criatividade
Que jamais comparei
A minha e a tua idade
Pois que no campo de batalha
Do devir cultural
Esta paisagem insana
Apenas vive no cronograma
E jamais no ir e vir

É por isso que vamos vendo
Tudo acontecer, tudo explodir
Tudo no mais perfeito carpir
E ainda sempre fora do lugar
Pois que não há lugar algum
Para por nossa criatividade
Que não seja
No seio, peito, coração
De cada um...

3 comentários:

André disse...

Meu caro Sylvio,
Fico de bobeira com sua cabeça, rs, você é uma grande pessoa, estamos sempre aê, esse 2009 tá que ta.
Abraços
prestor

Bia disse...

caro sylvio, faço minhas as suas doces e verdadeiras palavras!
prestor é companheiro firme e generoso a toda hora. um devir.
amor à primeira, segunda, terceira e eterna vista.

boa!!

"hasta la vista, baby."
bia pimenta

Bia disse...

caro sylvio, faço minhas as suas doces e verdadeiras palavras!
prestor é companheiro firme e generoso a toda hora. um devir.
amor à primeira, segunda, terceira e eterna vista.

boa!!

"hasta la vista, baby."
bia pimenta